Habilitação: Bacharel em Enfermagem
Turno:Noturno

Duração:10 semestres

Dados da Autorização:Portaria MEC – A-Portª 929 de 28/12/2018 Pub. 21/12/2018

Coordenador de Curso: Prof. Me. Willian Alburquerque de Almeida

 

Objetivos do Curso

·                     Capacitar profissional enfermeiro de nível universitário generalista, humanista, com visão crítico-reflexivo, capaz de atuar nos vários seguimentos do setor saúde, visando oferecer a população serviços de qualidade.

·                     Formar profissionais aptos ao exercício da Enfermagem com base no rigor científico e intelectual e pautado em princípios éticos;

·                     Formar enfermeiros capazes de conhecer e intervir sobre os problemas/situações de saúde/doença mais prevalentes no perfil.

·                     Formar enfermeiros capazes de identificar o perfil epidemiológico nacional, com ênfase na sua região de atuação, identificando as dimensões biopsicossociais dos seus determinantes;

·                     Formar enfermeiros capazes de atuar, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano.

 

Perfil Profissional:

O profissional a ser formado deverá apresentar o seguinte perfil: generalista, capacitado para atuar na coordenação do processo de trabalho da enfermagem, na qualificação de seus agentes e no desenvolvimento de ações assistenciais, educativas, gerenciais e de pesquisa junto ao indivíduo, à família e à coletividade. Na sua atuação deve considerar o perfil epidemiológico da população, a legislação em vigor e as instituições onde as ações são desenvolvidas. Deve comprometer-se ética e politicamente com a valorização e a defesa da vida e com a preservação do meio ambiente, pautando-se no exercício da cidadania, atendendo às necessidades de saúde do ser humano-cidadão no seu contexto biopsicossocial e cultural.

Deve também ter competência técnico-científica que o habilite a uma atuação interdisciplinar e sistematizada, garantindo a qualidade da assistência de enfermagem em diferentes níveis de atenção à saúde.

Sua ação deverá, na perspectiva da integralidade, qualidade, humanização, eficiência e resolutividade do atendimento, nortear-se pelo senso de responsabilidade social, compromisso com a cidadania e com o sistema de saúde.

 

Áreas de Atuação

O mercado de trabalho para o profissional de enfermagem está em expansão. A categoria tem avançado de modo diversificado, ampliando cada vez mais suas áreas de atuação. Entendemos que existem quatro grandes dimensões relacionadas ao campo de atuação do profissional de enfermagem, são elas: Assistência direta ao paciente; Gestão; Docência/Pesquisa; Empreendedorismo.

·                    A assistência direta ao paciente acontece por meio da contratação desse profissional em redes hospitalares, unidades básicas de saúde, serviços de atendimento pré-hospitalar em urgência e emergência (SAMU), atenção domiciliar (home care), assistência da área de transplantes de órgãos, serviços especializados em estomaterapia (tratamento de feridas), nefrologia, cardiologia, obstetrícia, neonatologia, pediatria, geriatria, dentre outros. Recentemente o Conselho Federal de Enfermagem (COFEN) publicou a Resolução 568/2018 que regulamenta o funcionamento dos consultórios e clínicas de Enfermagem. A norma regulamenta a ação autônoma do enfermeiro, ampliando o atendimento à clientela no âmbito individual, coletivo e domiciliar.

·                    Na área da Gestão, o profissional tem a possibilidade de assumir cargos de coordenação nas unidades hospitalares, unidades básicas de saúde, secretarias de saúde do estado/município e universidades. Diante dessa demanda em ascensão, existe uma preocupação do curso em preparar cada vez mais os alunos para assumir cargos de gestão. Existe também a especialização em Enfermagem do Trabalho e Auditoria em Enfermagem, ambas as áreas exercem suas funções em células de gestão das unidades de saúde.

·                    A docência e pesquisa representam outra dimensão do acampo de atuação do profissional enfermeiro no mercado de trabalho. Os cursos direcionados à formação técnica profissional em enfermagem estão em expansão, principalmente pelo avanço da área técnica profissionalizante no país. Esse cenário oferece um campo de trabalho promissor para os egressos dos cursos superiores de enfermagem na docência. Importante salientar que houve um avanço considerável na formação de enfermeiros mestres e doutores, possibilitando a inserção desse profissional em programas de pesquisa e extensão vinculados às universidades.

·                    O empreendedorismo trata-se de um campo amplo, no qual o enfermeiro pode vir a atuar promovendo saúde à população ou dedicando-se a sua recuperação, com atendimentos em consultórios particulares, no domicílio (home care) e em cooperativas (terceirização de mão de obra), consultorias e auditorias como autônomo ou em empresas, atendimento em eventos (dairycare), ensino (proprietário) ou prestação de serviços especializados: clínicas de vacinação, amamentação, esterilização de material médico-hospitalar, transporte de pacientes, aluguel de equipamentos e comercialização de produtos da área hospitalar.